Dicas do Yuuji - Hentai e seus sub-tipos (+18)

ao meus amigos que curtem Hentai vou postar um pouco sobre este estilo que sofre um pouco de preconceito no Brasil. 

 Hentai é uma palavra japonesa que, nos países ocidentais, é usado para se referir, em especial, à pornografia que é exibida em certos desenhos e mangás do Japão.

















Significado japonês

No Oriente, a palavra hentai significa metamorfose, pornografia ou perversão sexual; nunca é usado para referir a atividade sexual "normal", nem qualquer entretenimento de sexo explícito (vale lembrar que as palavras têm impacto diferente, se uma japonesa chama um amigo de hentai, é equivalente a tarado, ou pervertido, sem uma conotação suja e doentia).
 Os termos 18-kin (18 literalmente "18-proibido"), que significa "proibido a menores de 18 anos", e seijin manga "manga para adultos" ) são usados pelos japoneses nesse sentido. Outro termo utilizado para hentai no oriente é H-mangá


História


Acredita-se que o hentai seja inspirado em formas de arte erótica que já existem no Japão desde o Período Edo, que ocorreu de 1600 a 1867. Naquela época, eram comuns gravuras tradicionais, conhecidas como ukiyo-e, que versavam todos os temas, inclusive o sexo e a nudez. Estas eram conhecidas como shunga, e utilizadas como manual para instruir recém-casados ao sexo, ou como objeto para auxiliar a masturbação. Muitas vezes, coleções de shunga eram dadas como presente de casamento para serem usadas na lua-de-mel.
Com a Restauração Meiji, foi introduzida no Japão a cultura ocidental, que tinha na época grandes barreiras morais à nudez em público. Com isso, o shunga entrou em decadência, mas a pornografia continuou a existir de forma mais escondida.
O surgimento do hentai moderno começou após o fim da Segunda Guerra Mundial, quando permitiu-se novamente a publicação de material pornográfico. Entretanto, até 1991 era proibida no Japão a divulgação de material com pêlos púbicos, obrigando os artistas a não desenhá-los. Mesmo hoje em dia, a ausência de pêlos é uma característica própria do hentai, mas há muitas obras em que os pelos são desenhados pois não são mais proibidos.
Em 1983, a Nintendo lançou os primeiros jogos pornográficos para computador no Japão. Esses jogos empregavam hentai, e não mulheres de verdade, para contornar as limitações gráficas dos computadores da época. O mercado de jogos hentai, a partir daí, alcançou um tamanho razoável em países do extremo oriente e publicou alguns títulos de pouca expressão no ocidente.
No final da década de 1980, o hentai ganhou um novo impulso com a popularização do doujin, ou mangás amadores. Estima-se que metade do mercado seja composto por pornografia, embora seja difícil calcular pois muitos desses trabalhos são divulgados pela internet.


Características e gêneros

A maioria dos hentais compartilha algumas características em comum. O estilo de desenho pode ter variações como nos mangás não-pornográficos, mas é quase universal que os pêlos pubianos não são desenhados, o que acaba dando uma aparência mais jovem às personagens. Geralmente, dá-se preferência a personagens jovens. Também é comum que se retratem fetiches típicos dos japoneses, como o bukkake (ejaculação no rosto e corpo por vários homens) e mulheres com partes do corpo de animais, geralmente gatos, conhecidas como nekomimi.


Hentalização


Uma prática muito curiosa quando falamos de Hentai é a "Hentalização", que é o ato de transformar um personagem não-hentai de um anime ou mangá em um personagem Hentai, essa prática obviamente agrada em geral a maioria dos fans de Hentai mas não é vista com bons olhos por aqueles que curtem apenas animes/mangás visto que transforma os personagens originais em algo que na verdade não são.
Vários personagens e em alguns casos bastante conhecidos já passaram por esse processo, os mais explorados são os personagens de Dragon Ball, Sailor Moon, Sakura Card Captors, Pokemon, Naruto, entre muitos outros. Algo muito comum também é pegar personagens de animes já com alguma tendência ao Hentai, como Ikkitousen e Highschool Of The Dead.
Mesmo trabalhos não-pornográficos de anime e mangá retratam situações adultas e nudez leve, mesmo em obras voltadas ao público infantil (como em Sailor Moon). O hentai pode ser dividido em vários gêneros, de acordo com a temática das relações exploradas na obra. Muitos fãs têm o seu gênero favorito, e alguns tipos de hentai podem ser considerados mais pervertidos do que outros.
Tipos que muitas vezes (porém não necessariamente) contêm conteúdo pornográfico.

sub-tipos

Bara: Bara ("Rosa"), também conhecido em wasei-eigo "Mens' Love" ou ML, é um termo Japonês jargão para o gênero de arte e mídia de ficção com o foco o sexo, amor e desejo com o tema homoerotismo, normalmente criado por e para homens gays. O gênero bara começou na década de 1960 com revistas de fetiche com conteúdo artístico gay, como por exemplo, a revista Barazoku. Além do mangá bara, também chamado de gei comi ("quadrinhos gays"), também existe jogos eróticos bara.
Bara pode variar-se em seu estilo visual e enredo, mas normalmente tem características de um homem masculino, considerado beefcake, musculosos e com pêlos no corpo, semelhante a ursos . Bara caracteriza geralmente conteúdo adulto (às vezes de violência e exploração) e romantismo gay, que muitas vezes são temas autobiográficos, retratando o tabu natural da homossexualidade no Japão.
Comentadores ocidentais às vezes referem bara como "yaoi", mas yaoi é em grande parte criado por e para mulheres idealizado bishōnen, é frequentemente em conformidade a uma relação heterossexual em que tem a fórmula dos personagens um dominante masculino seme e o afeminado uke. Em contraste, bara é considerado um subgênero seijin (erótica) para gays e assemelha quadrinhos para os homens (seinen) e leitores do sexo feminino (mangá shōjo/josei)

Kemono (Animais) (no ocidente também conhecido como Yiff ou furry):
Kemono ("fera") é um tipo de arte japonesa, onde há personagens antropomórficos. É amplamente usado nas artes visuais, especialmente em desenho e pintura, e pode ser encontrado em uma variedade de mangás, animes, e video games.
Esses personagens antropomórficos do kemono são chamados freqüentemente de Jūjin (Japonês ou "teriantrópico", ou seja, metade humano e outra animal). Seu desenho difere de artista à artista, mas geralmente desenham criaturas "fofas" e bonitinhas. Sempre os personagens do kemono tem uma personalidade humana e vivem situações como tal, quase nunca agem como animais comuns.

Futanari:
Futanari uma palavra composta que significa "duas formas" em japonês pode significar ambos os sujeitos de um tipo especial de anime pornográfico ou manga (comumente, mas incorretamente, conhecida no Ocidente como hentai), ou o próprio gênero.

 Futanari representa hermafroditas, intersexuais ou outros indivíduos com tipos de corpo femininos e órgãos sexuais que se parecem com pênis, se aqueles órgãos são clitóris alargados de fato, ou eles possuem tanto órgãos reprodutivos masculinos como femininos. Tecnicamente, o termo também abrange personagens masculinos com ambos os tipos de órgãos sexuais, mas esses são normalmente excluídos.
Outros termos comuns usados para descrever personagens futanari são "dickgirls" ou "shemales", embora esses muitas vezes sejam considerados vulgares (o termo "shemale" é tipicamente usado injustamente, já que personagem futanari, tipicamente possui uma vagina. Shemale é considerado um gênero separado por muitos tipos de futanari). Os Futanaris, junto com "newhalfs", são termos mais educados que entraram em uso recente, com futanari que tende a referir-se especificamente a hermafroditas reais e "newhalf" que tende a referir-se especificamente a personagens com corpos femininos mas genitais somente masculino.
Outro modo de descrever futanari é "Qualquer personagem hentai que parece feminino que contém os traços de uma fêmea, mas também possui o pênis de um macho, (não necessariamente além de uma vagina). O personagem hentai também não deve ser de fato um rapaz travestido como mulher." O argumento por cima do qual os personagens são travestis e que são realmente somente garotas [com pênis]", é difícil encontrar uma solução para, que é por que, geralmente, a idéia que os futanaris têm de ter vaginas é comumente aceita. O ponto é que tecnicamente, os futanaris não têm de ter vaginas, enquanto eles não são realmente meninos.


Lolicon:

Lolicon, rorikon ou loli-con é uma abreviatura de lolita complex, ou seja, complexo de lolita em inglês.
 A palavra é usada no Japão para pedofilia ou efebofilia. Fora do Japão, geralmente é usada quando se refere a animes ou mangás que retratam meninas menores de idade (de 6 a 14 anos) em situações sexuais ou de nudez.
As leis japonesas consideram que mangás e animes sobre lolicon não são ilegais desde que crianças de verdade não sejam empregadas na sua produção, permitindo o surgimento de um grande mercado para esse tipo de produto. As leis mexicanas também permitem o lolicon.
Entretanto, a subcultura lolicon já foi acusada de encorajar a prostituição infantil. Defensores do lolicon dizem que ele não afeta negativamente as crianças e até desestimula pedófilos a procurar crianças reais.

(Nota2: Nós do Baka animes não apoiamos nenhuma forma de pedofilia, apenas divulgamos animes e mangas para que verdadeiros fãs possam ler, ou assistir)


Shotacon:
shota, é um termo japonês para um complexo relativo à sexualidade (Shôtaro Complex), onde um adulto homem ou mulher sente-se atraído por um garoto mais novo e vice-versa. No mundo ocidental, este termo é usado para referir-se especificamente ao anime ou mangá que mostra garotos na puberdade ou na pré-puberdade ao lado de personagens mais velhos que tenham atração por crianças. Esses trabalhos são, freqüentemente, de natureza sexual, e alguns temas comuns são yaoi e incesto com um irmão mais velho ou outro membro familiar. O equivalente feminino do shotacon é conhecido como lolicon - Um adulto Homem ou mulher que sente-se atraído por uma garota mais nova e vice-versa. Alguns críticos afirmam que o gênero shotacon contribui com a estimulação do abuso sexual infantil, enquanto outros afirmam que é exatamente o contrário.

Yaoi:
Yaoi é um gênero de publicação que tem o foco em relações homossexuais entre dois homens e tem geralmente o público feminino como alvo. O termo se originou no Japão e inclui mangá, anime, novelas e dōjinshis. No Japão esse gênero é chamado de "Boy's Love", ou simplesmente "BL", e "yaoi" é mais usado por fãs do ocidente. O yaoi se expandiu para além do Japão; materiais podem ser encontrados nos Estados Unidos, assim como em nações ocidentais e orientais ao redor do mundo.


Yuri:
Yuri é um gênero de mangá e anime que descreve relações românticas entre mulheres. O termo Yuri também é conhecido pelo termo shoujo-ai, que é um termo mais usado para conteúdo mais leve sem nada explícito ou pornográfico. Porém, há também o termo yuri orange, que é usado para descrever um conteúdo que a cenas explícitas e pornográficas, referente ao amor de duas garotas. A palavra tem origem no Japão, onde essa diferença no uso das palavras é mais marcante, e as lésbicas japonesas não usam nenhuma das palavras para se descreverem. O termo, incorretamente usado para definir relações sexuais entre duas garotas, é usado para indicar relações não-explícitas, ou seja, mostra o antes e o depois, nunca o durante (geralmente, há algum fator da trama que impede sua exibição).

Espero que Tenham gostado dessa aula hentai, e ate a próxima vez:
Nota3: Não achei nada sobre o estilo guro.









3 comentários:

Anônimo disse...

Creio eu que realmente não passam de desenhos inofensivos mas cada país tem seus conceitos uns mais avançados e outros mais atrasados pois um mero desenho não tem vida não tem documento de nascimento , infelizmente em algumas culturas os falsos moralistas distorcem o significado de algo inofensivo e transforma em algo ofensivo ,os japoneses são um dos poucos povos mais desenvolvidos do mundo jamais atacariam a honra de outro ser humano na vida real , um desenho é apenas um desenho e não esta atacando a honra de outra pessoa real pois a figura do desenho simplesmente não existe na vida real não tem vida .

Rogerio Alves disse...

Qual o nome desse primeiro Hentai da primeira foto do blog???

Anônimo disse...

Pior,qual é o nome do anime da foto de exibição dessa postagem?.-.

Postar um comentário

-Comentários ofensivos serão excluídos
-Por favor avisar por aqui se há algum problema com os links do anime acima
-Nada deixa a gente do baka anime mais feliz do que receber comentários =D